Mais NotíciasNotíciaNotícias Destaques

CÂMARA SE REUNE EM SESSÃO EXTRAORDINÁRIA PARA VOTAR PROJETOS IMPORTANTES DENTRE ELES O REAJUSTE PARA PROFESSORES E SERVIDORES PUBLICO.

sessao1

Aconteceu nesta quinta-feira, 31, a 1ª sessão extraordinária do 7º período legislativo da 4ª legislatura na câmara municipal de Luís Eduardo Magalhães.

A sessão extraordinária para votação de reajuste de salário em favor dos professores e servidores do município cujo prazo para sanção será amanha foi presidida pelo Presidente Elton Almeida e estiveram ausentes os vereadores Sidnei Giachini, Jarbas Rocha e Katerine Rios.

O presidente Elton Almeida em seu discurso criticou ações do executivo, afirmando que sempre que a lei exige prazo à prefeitura só manda o projeto em cima da hora obrigando a câmara a fazer procedimento extraordinário.
“Isso é falta de competência, respeito com os cidadãos, servidores e autoridades do legislativo. O executivo deve assumir suas responsabilidades dentro dos prazos ordinários e não transferir para outro poder suas falhas. Então, sem ter outra saída, tivemos que realizar a sessão extraordinária, para legitimar os reajustes das classes, isso é inadmissível”, argumentou o presidente Elton.

sessao2

O parlamentar criticou também a ausências dos vereadores, afirmando que se dependesse deles os reajustes não teria efeito.

Vereador Vôga Pelissari, destacou a importância da ordem do dia para os munícipes, em especial para os servidores públicos que são o sustentáculo do funcionamento de todos os serviços públicos para os cidadãos, o que justificou inclusive a convocação de uma sessão extraordinária e lamentou profundamente a ausência de alguns colegas, sobretudo os que se dizem diretamente envolvidos com as causas tratadas hoje, no plenário.

O vereador Deusdete Petronílio, manifestou-se a favor dos projetos 001/2016, 026/2016 e 027/2016, que respectivamente garante a criação de vagas para o quadro de servidores públicos municipais; aumento de salários para os servidores do magistério; e o aumento de salário para os demais servidores municipais. Lamentou que colegas (vereadores) que outrora se fizeram presentes, nas polêmicas manifestações amplamente cobertas pela imprensa, colocando-se ao lado desses servidores, agora ocasião em que de fato poderiam intervir em favor dos mesmos- votando e aprovando a justa medida, não se encontravam no plenário. Destacou ainda a importância de que cada membro da casa legislativa comprometa-se com o esclarecimento da sociedade sobre o funcionamento da câmara e demais poderes. Para ilustrar o argumento citou a visita dos alunos da educação básica a essa casa a fim de entender o funcionamento da mesma.

sessao3

Em sua fala, o vereador Cabo Carlos assim como os outros colegas, lastimou a ausência dos colegas vereadores em sessão tão importante. Manifestou-se favorável em relação ao projeto 001/2016, reconhecendo a necessidade do município em preencher algumas lacunas do serviço publico ofertada a população, no entanto ressalva que no ultimo concurso publico realizado pelo município, a maioria das categorias ofertadas no edital não possuíam cadastro de reserva. Destacou que apenas por causa desse lapso de quem redigiu e conduziu o processo, existe essa necessidade, ao tempo em que ponderou a necessidade de corrigi-lo no próximo concurso. “se o município precisar chamar, por exemplo, professores, o certo é chamar aqueles que já fizeram o concurso, passaram e estão no quadro de reserva”.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Skip to content