Mais Notícias

Câmara realiza reunião para debater sobre limitação de horário de funcionamento de bares.

01

Os representantes do CONSEG – Conselho de Apoio à Segurança de Luís Eduardo Magalhães, Secretaria de Segurança e as polícias Civil e Militar se reuniram, nesta terça-feira, 24, em audiência pública na Câmara de Vereadores. Estiveram presente o Presidente da Câmara de Vereadores Elton Alves, Dr. Ulisses representando o CONSEG Lem, a secretaria de Segurança o Gilmar Rocha, a CIP Cerrado o Capitão Quesado, Soldado Rodrigues e Soldado Cruz, e a 5ª CIA Tenente Carvalho Bispo e os Vereadores, Erik Café, Katerine Rios, Sidney Giachini, Reinildo Nery, Juvenal Canaã, Wangles, Dr.Márcio, Dr. Claudionor e Vôga Pelissari.

02

Na pauta do encontro, o estabelecimento de parâmetros legais para horário de funcionamento de bares e assemelhados em Luís Eduardo Magalhães.

03

Em sua fala o Presidente Elton Alves, deixa claro que a segurança de Luís Eduardo Magalhães tem todo o apoio da Câmara de vereadores, ressaltando que esse é o primeiro passo, reunir as autoridades, discutir assuntos e confeccionar leis, disse estar à disposição do CONSEG, apoiando a causa, pois o pouco que a Câmara fizer vai servir de exemplo para que os demais possam ajudar também, e assim externou o desejo de os três poderes estarem alinhados em prol da melhoria da segurança de Luís Eduardo Magalhães.

Os demais Vereadores parabenizaram a iniciativa do CONSEG, deixaram seu apoio e frisaram bastante a questão da família, que é a base de tudo, pois se a família não educar os seus filho esta automaticamente transferindo a autoridade a outros.

A ver. Katerine indagou: Qual a consciência de um pai que leva um filho para um bar e agridem conselheiros tutelares? “Precisamos criar consciência nas pessoas através da educação para que eles cumpram as leis, pois os nossos filhos podem ser os infratores de amanhã”.

O Ver. Juvenal relatou que as leis precisam ser cumpridas e fiscalizadas, realizar trabalho de conscientização e que os jovens precisam de atividades extras para que não cheguem ao ponto de menores frequentarem ou trabalharem em casas de shows noturnas, bares entre outros, os familiares precisam participar mais da vida dos filhos.

O Ver. Claudionor acredita que uma lei que limita os horários dos bares pode ajudar na redução da criminalidade.

O ver. Sidney disse que essas leis do silencio podem melhorar, infelizmente o executivo não cumpre as leis, ele acha a ação dos conselheiros tutelares tímida, pois na sua concepção deviam ir ao menos uma vez por mês nas praças e bares pois há muitas crianças, perdendo sua integridade física falou ainda sobre o seu projeto de lei  que a cada 300 alunos tem que ter um guarda municipal , para protegerem as crianças ao entrarem e saírem das Escolas.

04

O Capitão Quesado deixa claro que a policia tem feito o seu trabalho e que o que acontece a partir das 23:00 horas da noite o preocupa onde vê também o descontrole das famílias, a permissividade e inversão de valores, já o Tenente Carvalho Bispo ressalta que se frustra ao tirar infratores das ruas quando sempre aparece alguém para defender a causa, se fecha um bar, aparece alguém para liberar, 98% dos suspeitos abordados são jovens com trejeitos de marginais, o pai  não tem mais direção na sua casa e a mãe não tem mais respeito, mas a CIP trabalha pra coibir a crescente criminalidade nessa cidade e a 5ª cia se coloca inteiramente a disposição da segurança de LEM. Dr Ulisses disse que não precisamos criar mais uma lei e sim esclarecer, pois a lei nesse sentido é muito vazia quanto às limitações a esses estabelecimentos acabou vetada pelo prefeito, mas que agora dá para fazer algo melhor, devido o assunto ser perplexo disse ainda que seria louvável realizar outras audiências para que sejam tratados os demais assuntos de melhoria da Segurança do cidadão Luiseduardense.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Skip to content